DUAS MENSAGENS DE SEBASTIÃO SOARES
(veja o VÍDEO, de agosto de 2017, na parte de baixo da página)

Texto extraído do livro Mobilização: Betinho & a cidadania dos empregados de Furnas, de 1998 .

Vou me referir a uma trabalho realizado pelo Betinho, em parceria com o Senador Teotônio Vilela. Não é um episódio muito conhecido; apenas uns poucos amigos que participaram dele têm conhecimento.

Era início de 1981 (ou teria sido em 1982?) e o Senador chegou ao Betinho, trazido pelo Henfil, com a proposta de mobilizar este país em torno da idéia de resgatar as inúmeras dívidas que o regime militar tinha deixado, como um legado macabro, ao povo brasileiro. Depois de algumas horas de conversa do Senador com o Betinho e mais alguns colaboradores e amigos, produziu-se a luz… e a síntese! Eram quatro as dívidas a serem resgatadas: a dívida externa, a dívida interna, a dívida social e a dívida política.

Decidiu-se também que o Betinho e seus colaboradores produziriam textos tratando dessas quatro dívidas propondo os modos e meios de resgatá-las. A ele, Betinho, coube tratar da dívida política, e, após alguns dias, nasceu um texto que indicou, como fórmula de resgatar essa dívida, a (re)adoção da eleição direta para Presidente da República. Os quatro textos foram elaborados de forma semiclandestina, como cabia naqueles tempos de lenta abertura democrática; da mesma forma, converteram-se em um pequeno livro.

O Menestrel das Alagoas utilizou-os intensamente nas suas andanças pelo Brasil, cavalgando a própria morte, e propugnando pela plena redemocratização do país. O texto de Betinho sobre eleições diretas para presidente, certamente, influiu para o movimento que levantou toda nação, algum tempo depois, na memorável campanha por “Dietas Já!”.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Sebastião Soares fala ao Celebrar Betinho
(VÍDEO de agosto de 2017)